sábado, 10 de abril de 2010

O novo rock australiano!

Como todos sabem, a Austrália é um país distante, com peculiaridades interessantes, seja na topografia (boa parte do país é um deserto), seja em seus animais únicos, como Cangurú ou o Ornitorrinco.

E essa lamentável distância, fez com que o acesso à música local fosse restrito, embora o país sempre tenha produzido rock e pop de qualidade.

Nos anos 60, brindaram-nos com a banda Easybeats, do guitarrista George Young. O Easybeats era uma banda que produzia um rock no estilo The Beatles. Aliás, a influência começa no nome. Mas, além dos Easybeats, George Young, mais tarde, traria à luz a banda de seus irmãos, Malcom e Angus, onde gravou o contrabaixo em alguns discos. Isso mesmo! George Young é o irmão mais velho da dupla "infernal" do AC/DC.

Os anos 80 mostrou que os australianos também eram bons na pop music, e o mundo foi presenteado com nomes como INXS, Midnight Oil, Hoodoo Gurus, Spy vs Spy, Australina Crawl, The Church, Men at Work e Kilye Minogue (gostem ou não, era pop).
Os anos 90 foram meio parados para o pop rock australiano, que voltou com força total no início do novo milênio. Bandas como Jet, Wolfmother e The Vines chegaram para recolocar a Austrália no mundo do Rock.
Agora, uma nova leva de bandas australianas está chegando, porém, sem o apoio das rádios. Bandas excelentes como The Glavatrons; Hell City Glamours; The Devilrock Four (rockão autêntico), The Lightning Strikes; Electric Mary; Bugdust, isso sem mencionar Airbourne, cujo vocal lembra muito Bon Scott e toda a música deixa clara a influência do AC/DC.
O novo rock australiano está vindo com tudo, e merece muita atenção de quem gosta de rock de verdade. Uma dica: caso queiram pesquisar sobre a música australiana, visitem o site http://www.aussiebands.com.au/ .
Muitas das bandas que ouvi para comentar, foram extraídas de matéria da revista inglesa Classic Rock.
ÁLBUM DA SEMANA:
Queen + Paul Rodgers Live in Ukraine. Gravado em 12 de setembro de 2008, traz os antigos sucessos do Queen, além de muitas músicas do Bad Company e Free. A obra possui um DVD e dois CD's. Imperdível tanto para os fans do Queen, quanto para os fans de Paul Rodgers.

Um comentário:

  1. Adorei o blog! Boas dicas do outro lado do mundo! Valeu Paulinho!

    ResponderExcluir